"Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio"

Pessoa segurando um apito

Olá, queridos! Tudo bem?
Enquanto conversava com uma amiga, há uns dias, esse versículo me veio à mente:

Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo? 
(Eclesiastes 7:16 - Almeida Revisada)

É muito curioso encontrar uma orientação assim nas Escrituras, você não acha? Como assim a Bíblia nos instrui a não sermos justos nem sábios demais?

Essa semana fui ler novamente não só esse versículo, mas os que estão antes e depois dele. Vou colocar aqui na versão NVT (Nova Versão Transformadora), que foi a versão que eu usei.

Vi de tudo nesta vida sem sentido, incluindo justos que morrem cedo e perversos que têm vida longa. Portanto, não seja justo nem sábio demais! Por que destruir a si mesmo?
Tampouco seja perverso demais. Não seja tolo; por que morrer antes da hora?
Preste atenção a estas instruções, pois quem teme a Deus evita os dois extremos.
A sabedoria torna o sábio mais poderoso que dez líderes de uma cidade.
Não há uma única pessoa na terra que sempre faça o bem e nunca peque.
Não escute a conversa alheia às escondidas; pode ser que ouça seu servo falar mal a seu respeito.
Pois você sabe que muitas vezes você mesmo falou mal de outros.
(Eclesiastes 7:15-22)

Mais a frente, no capítulo 8, (e assim como em várias outras vezes, assim como em Provérbios), Salomão voltou a fazer essa comparação do que ele tem visto, do que acontece "debaixo do sol":

Vi perversos serem sepultados com honra; frequentavam o templo e hoje são elogiados na mesma cidade em que cometeram seus crimes. Isso também não faz sentido.
(Eclesiastes 8:10)

Há mais uma coisa que não faz sentido em nosso mundo. Nesta vida, justos muitas vezes são tratados como se fossem perversos, e perversos, como se fossem justos. Isso não faz sentido algum!
(Eclesiastes 8:14)

O que eu percebo aqui é que Salomão estava falando de coisas que se passam ao nosso redor... coisas que vemos e que ouvimos e o julgamento (conclusão) que fazemos a partir disso. Essa minha conclusão e o meu comportamento frente a isso tem a ver com o meu próprio senso de justiça e o meu nível de sabedoria.

Não há nenhum problema nisso. O problema é quando damos lugar aos extremos. É quando a minha dose de justiça e de sabedoria está em demasia, em excesso, está demais! Conhece o ditado que tudo que é demais faz mal? Segundo a bíblia, não só faz mal, como destrói!

Talvez o seu nível de justiça não esteja transformando você em uma pessoa legalista ou tirana... Mas talvez você seja preocupado(a) demais em sempre fazer tudo certo e quer que as outras pessoas também sejam assim. E você passa a observar (a até mesmo vigiar) o que as outras pessoas fazem...

E quando você nota que elas estão agindo errado, ou não estão fazendo como você acha que deveria ser feito ou como você gostaria que fosse... Mesmo que você não fale nada, mas se você fica extremamente mal, irritado(a), indignado(a), triste, se aquilo tira a sua paz, eu tenho uma notícia para te dar: você está sendo um(a) tolo(a). E a bíblia afirma que se continuar assim, você vai se DESTRUIR.

A bíblia nos ensina a exortar e corrigir com intuito de ajudar alguém. Mas, tenha um nível de justiça equilibrado, acompanhado de empatia, misericórdia e respeito!

Uma vez, aprendi que a igreja é uma grande piscina.

Existem pessoas que ficam em volta da piscina. Elas conversam, tomam sol, mas não entram na água.
Existem pessoas que sentam na beirada e molham seus pés e pernas, mas também não entram na água.
Existem pessoas que entram e ficam somente no raso.
Existem pessoas que nadam até o meio da piscina, onde não é mais raso, mas os pés ainda tocam o chão.
Existem pessoas que mergulham no fundo.
E existe o guardião da piscina.
Ele vê tudo do alto de sua cadeira...
Para ele, não faz sentido estar ali e não entrar na água.
Não faz sentido estar ali e só molhar os pés.
Para ele, não faz sentido ficar em pé no raso com metade do corpo para fora.
Não faz sentido ficar no meio se a pessoa pode nadar no fundo.
Mas também não faz sentido ficar o tempo todo no fundo sem conseguir colocar o pé no chão.
E por isso, com seu apito na boca, o guardião deseja colocar tudo em ordem...

O que o guardião não percebe é que cada um está vivendo uma fase... cada um está vivendo um nível... cada um na sua história, no seu tempo, no seu jeito, no seu ritmo... E Deus está cuidando de cada uma delas. Elas acertando ou elas errando, é Deus quem vai lidar com elas.

Ou seja, não queira para você um nível de justiça que não deve ser seu! Deixe isso para o SENHOR! Veja o que Salomão falou, logo após dizer as coisas que ele via ao seu redor:

Recomendo, portanto, que as pessoas aproveitem a vida, pois a melhor coisa a fazer neste mundo é comer, beber e alegrar-se. Assim, terão algo que os acompanhe em todo o árduo trabalho que Deus lhes dá debaixo do sol.
(Eclesiastes 8:15)

Deixo aqui a sugestão de um post que escrevi narrando a postura que Samuel teve diante de uma situação, nos dando uma dica preciosa de como agir também!

Se você gostou desse post, deixe seu comentário e compartilhe com alguém.

Até a próxima!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.