Um dedo quebrado e uma lição


Oi, pessoal!
Tudo bem com vocês?
Hoje estou no 38º dia pós-fratura do dedinho do pé. A fratura já fechou, já iniciei as sessões de fisioterapia e ainda estou mancando um pouquinho. Em breve estarei 100%!

Uma das coisas que voltei a vivenciar nesse período foi a gratidão nas pequenas coisas. Não sentir dor, ver o inchaço reduzindo, conseguir calçar um chinelo, conseguir pisar! São coisas tão simples que raramente damos valor, até sermos privados delas!

A nossa vida é muito frágil!! Em fração de segundos, tudo pode mudar! Lembrem-se: estou vivendo a consequência de uma topada há 38 dias! 
A bíblia nos mostra como nossa vida é passageira e que não temos controle sobre ela!

Nossos dias na terra são como o capim; como as flores do campo, desabrochamos.
O vento sopra, porém, e desaparecemos, como se nunca tivéssemos existido.
(Salmos 103:15)

Qual de vocês, por mais preocupado que esteja, pode acrescentar ao menos uma hora à sua vida?
(Mateus 6:27)

Nesse período de repouso forçado minhas férias do trabalho! Não abri uma planilha sequer! Fui a duas reuniões somente. Temos um negócio próprio, e tudo ficou à cargo do meu marido.
Fiz um período sabático! Vi muitos filmes, séries, joguei vídeo game... E o mais importante: curti a minha família!

Sabem, as pessoas trabalham tanto! Batalham, se esforçam para concretizarem seus sonhos materiais e financeiros. Fazem disso a meta das suas vidas! E pra isso, pagam o preço de abrir mão de boa parte da sua vida longe da família, das pessoas que ama.

A prosperidade nunca foi um fim em si mesma. Ela é uma consequência.

Afinal, não trouxemos nada conosco quando viemos ao mundo, e nada levaremos quando o deixarmos.
(1 Timóteo 6:7)

Então, meu conselho pra você hoje é: seja sempre grato a Deus pelas pequenas coisas! Valorize pequenos momentos. Parece clichê, mas é uma verdade! Pois muitas vezes esses pequenos momentos são as boas lembranças que levaremos pro resto da vida!

Até o próximo post!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.