O que eu aprendi sobre a vida cristã


Hoje faz 23 anos! Uaaau, o tempo voa! 23 anos que nasci! Sim, que nasci de novo, ao entregar minha vida a Jesus! E sou grata a Deus por cada etapa que já passei nessa jornada. Principalmente as mais difíceis, pois foram nelas que fui (e venho) sendo transformada, moldada, amadurecida, etc. E que venham os próximos aniversários, até a Sua volta, Jesus! 😍"Nunca me deixes esquecer que tudo o que tenho, tudo o que sou, o que vier a ser vem de Ti, Senhor"! 😍🎉🎈🎁❤

O que eu aprendi ao longo desses 23 anos de vida cristã?

Uaaau! Muitas coisas! Confesso que daria pra escrever um livro, uma autobiografia! rsrsrs Mas acho que muita gente ia ficar chocada com o que ia ler! Siiiim, já vi taaaaanta coisa nesses 23 anos, que algumas delas não vale nem à pena contar os detalhes, porque não acrescentaria em nada!

Na verdade, o que acrescenta são as conclusões, as lições que cheguei com essas experiências. E são algumas dessas conclusões que eu vou te contar agora!

1) Aprendi que não devemos focar nossos olhos no homem.

"O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração".
(1 Samuel 16:7)

Com certeza você já ouviu isso! Mas infelizmente, muitas pessoas ainda se pegam colocando muitas expectativas sobre uma pessoa, principalmente as que tem algum papel de destaque na igreja, como a liderança (isso vai desde pastor até líder de ministério/departamento/célula, etc.), achando que eles são diferentes, super crentes, mais espiritualizados, mais perfeitos, e por aí vai! E aí no primeiro erro, no primeiro defeito, pronto! Essas pessoas se decepcionam! 
Devemos sim, honrar nossa liderança, respeitar, sermos obedientes, mas não podemos criar uma fantasia de que eles nunca irão errar, e nunca irão fazer algo que a gente não goste ou não concorde! Porque isso, uma hora, vai acontecer!

Se eu focasse nos homens, aaaah, querido(a) leitor(a)... se minha vida cristã fosse baseada no homem, eu não seria membro de nenhuma igreja mais! Eu sofri uma decepção muuuuuito, mas muuuuito grande com uma liderança uns anos atrás. E por falta de maturidade na época, fiquei desacreditada da "instituição igreja", como eu chamava.

E infelizmente, muitos estão exatamente como eu já estive: desiludidos, desapontados e "desigrejados"!
Mas posso te falar uma verdade?! A desilusão vem quando a pessoa se depara com algo diferente do que ela IMAGINAVA! Nem sempre o que imaginamos sobre uma pessoa condiz de fato com o que ela é!
Não estou dizendo que temos que desconfiar de todo mundo! Mas sim que não devemos criar ilusões, fantasias sobre as pessoas! Ela são como nós! E sujeitas a erros, como nós!

Só pra esclarecer, depois de um ano aproximadamente, consegui liberar perdão para todas aquelas pessoas! E sou grata a Deus, de verdade, por tudo o que passei enquanto congreguei ali! Porque ali foi uma verdadeira escola do que fazer e do que NÃO fazer!

2) Aprendi que a vida cristã também tem seus altos e baixos!

"Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu:
tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou,
tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir,
tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar,
tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de se conter,
tempo de procurar e tempo de desistir, tempo de guardar e tempo de lançar fora,
tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar,
tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz."
(Eclesiastes 3:1-8)

Confesso que me preocupo um pouco com algumas pregações por aí que "vendem" uma vida cristã perfeita, maravilhosa, onde tudo dá certo sempre, onde tudo é feliz o tempo todo!

Sim, eu sei que Jesus veio para nos dar vida em abundância! Mas, meus amores, me entendam: isso está pra muuuito além da vida material. Até porque o contexto do versículo (João 10) não se refere a dinheiro, mas sim ao pastoreio de Cristo! Jesus é nosso pastor e nós, suas ovelhas e em dois momentos no texto, ele fala de vida eterna!!
Não estou dizendo que o crente não pode ser próspero! Muito pelo contrário! Mas achar que dinheiro no bolso e vida livre de problemas é sinal de uma vida cristã verdadeira, isso sim é um grande equívoco!

Já passei por fases maravilhosas, mas também já passei por períodos beeeem tensos! Maaas, apesar de tudo, Deus sempre esteve comigo! Nunca me deixou sucumbir! Nem todos os problemas que passamos são fruto de pecado! Jesus disse que nesse mundo teríamos aflições (João 16:33), mas Ele nos oferece Sua paz para passar por qualquer situação!

A pergunta que temos que nos fazer é: como EU me comporto na hora da dificuldade, do problema, da tribulação, da dor?

Aqui cabe muito bem a nova música da Eyshila "O milagre sou eu":

A dor não mata se Deus está presente
Só quem caminha com Ele entende o valor
De uma lágrima derramada no altar da dor
Enxugada pelas mãos do consolador

Se Ele quiser, Ele ressuscita mortos
Ele faz o impossível
Tudo porque Ele é Deus
Mas se Ele não quer que aconteça do meu jeito
Eu declaro que eu aceito
E agora o milagre sou eu, sou eu
O milagre sou eu, sou eu

Eu não vou parar, vou continuar
Te adorando, Deus
O milagre sou eu, sou eu

3) Aprendi que tudo o que passamos é uma oportunidade para crescermos!

"Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus."
(Efésios 5:15,16)

"Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito."
(Romanos 8:28)

"Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?"
(Romanos 8:35)

"Por isso não desanimamos. Embora exteriormente estejamos a desgastar-nos, interiormente estamos sendo renovados dia após dia, pois os nossos sofrimentos leves e momentâneos estão produzindo para nós uma glória eterna que pesa mais do que todos eles."
(2 Coríntios 4:16,17)

Essa última lição tem muito a ver com as duas anteriores! E acredito que esse seja um grande segredo, uma grande chave para nós cristãos: GRATIDÃO a Deus diante da vida, estando ela em uma fase boa ou em uma fase difícil.


Que Deus te abençoe!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.