Eu tenho um chamado (Parte 4)


Oi, amados!!
Como vocês estão?
Eu estou bem e muito empolgada com a nossa série de posts sobre chamado!
Então, vamos continuar?
...
Outro grande problema que pode se tornar um verdadeiro obstáculo para o cumprimento do nosso chamado é a crítica.
...
Não estou falando da crítica bem colocada, dita com amor, geralmente vinda de quem exerce algum grau de autoridade e liderança sobre nós, com o intuito de nos fazer crescer e melhorar, seja pessoalmente, espiritualmente ou ministerialmente.
...
Esse tipo de crítica nos impulsiona pra frente; nos faz avançar, rumo ao cumprimento dos propósitos de Deus pra nossa vida: abençoar outras pessoas e levá-las ao mesmo crescimento ou ainda maior!
...
Seria maravilhoso se só houvessem críticas assim, não é mesmo?! Mas, por incrível que pareça, muita gente consegue se ofender com esse tipo de crítica!!! (Mas isso é assunto pra um oooooutro post!! rsrsrsrs)
...
O que eu quero falar mesmo neste post é sobre a crítica dura, severa, dita geralmente por pessoas próximas a nós (que exercem autoridade sobre nós ou não), com intuito de nos ferir, de nos colocar pra baixo.
...
Esse tipo de crítica pode nos ferir, nos paralisar; nos fazer desistir (total ou parcialmente) dos nossos planos e sonhos; nos fazer recuar, nos afastando do cumprimento dos propósitos de Deus pra nossa vida.
...
E mais. Ela pode nos fazer:

  • Duvidar do nosso potencial.
  • Duvidar do nosso chamado.
  • Esconder das pessoas nossos dons e talentos, pelo medo de se expor. 
  • Enterrar nossos dons e talentos, dizendo assim "não" ao chamado.
...
Se você se encontra nessa situação, permita que o Senhor trate das suas feridas. Se levante e retome a caminhada, não importa a circunstância, a realidade à sua volta!
...
Não podemos nos esquecer que TUDO vem do Senhor (1Crônicas 29:14), e que sem Ele NADA podemos fazer (João 15:5)! Então, quando alguém duvida do nosso potencial, ele(a) está duvidando e criticando o próprio Deus!
...
"pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo 
com a boa vontade dele."
(Filipenses 2:13)
...
"Quem vos ouve a vós, a mim me ouve; e quem vos rejeita a vós, a mim me rejeita; e quem a mim me rejeita, rejeita aquele que me enviou."
(Lucas 10:16)
...
Davi foi duramente criticado por pessoas muito próximas a ele, como por exemplo, seu irmão mais velho Eliabe e sua esposa Mical.
...
"Quando Eliabe, o irmão mais velho, ouviu Davi falando com os soldados, ficou muito irritado com ele e perguntou: 'Por que você veio até aqui? Com quem deixou aquelas poucas ovelhas no deserto? Sei que você é presunçoso e como seu coração é mau; você veio só para ver a batalha.'"
(1 Samuel 17:28 - grifo meu)
...
Eliabe disse isso porque Davi, o irmão caçula que não ia para a guerra, ao invés de deixar o lanche de seus irmãos no acampamento e ir embora, se juntou aos demais soldados na linha de batalha e começou a conversar com eles sobre o gigante Golias (verso 22).
Que horrível ouvir isso do seu próprio irmão!
...
Mas olhem a atitude de Davi:
...
"E disse Davi: "O que fiz agora? Será que não posso nem mesmo conversar?"
(1 Samuel 17:29)
...
("O que fiz agora?" ... Me parece que Davi já era alvo das críticas de seu irmão! Você concorda comigo?)
Vamos continuar:
...
"Ele então se virou para outro e perguntou a mesma coisa, e os homens responderam-lhe
como antes."
(1 Samuel 17:30)
...
Davi virou-se! Deu as costas para o irmão e continuou conversando com os soldados.
Mas sobre o que eles conversavam?
...
"Davi perguntou aos soldados que estavam ali ao seu lado: 'O que receberá o homem que matar esse filisteu e salvar a honra de Israel? Quem é esse filisteu incircunciso para desafiar os exércitos
do Deus vivo?'"
(1 Samuel 17:26)
...
Davi REJEITOU as palavras de seu irmão. Ele não permitiu que elas entrassem no seu coração. Porque Ele estava focado não nele próprio, mas no Senhor! Aquele gigante incircunciso não estava desafiando um exército qualquer, mas o exército do Deus vivo!!
...
Minutos depois Saul, ao ver o rapazinho Davi e julgando-o pela aparência, disse que ele não tinha condições de lutar contra Golias.
Mas Davi, sabendo que não era por sua própria força, mas sim pelo poder de Deus, lhe respondeu:
...
O Senhor que me livrou das garras do leão e das garras do urso me livrará das mãos desse filisteu".
(1 Samuel 17:37)
...
Anos mais tarde, já adulto e rei sobre Israel, Davi estava celebrando com povo (a passagem relata Davi comemorando, celebrando, dançando com todas as suas forças, e gritando!!!! rsrsrs), pois a Arca da Aliança do Senhor estava sendo trazida de Gate para a Cidade de Davi. 
Ao chegar em casa...
...
"Voltando Davi para casa para abençoar sua família, Mical, filha de Saul, saiu ao seu encontro e lhe disse: 'Como o rei de Israel se destacou hoje, tirando o manto na frente das escravas de seus servos, como um homem vulgar!'"
(2 Samuel 6:20)
...
Mais uma vez Davi rejeita a crítica maldosa!!
...
Mas Davi disse a Mical: "Foi perante o Senhor que eu dancei, perante aquele que me escolheu em lugar de seu pai ou de qualquer outro da família dele, quando me designou soberano sobre o povo do Senhor, sobre Israel; perante o Senhor celebrarei
e me rebaixarei ainda mais, e me humilharei aos meus próprios olhos. Mas serei honrado por essas escravas que você mencionou".
(2 Samuel 6:21,22 - grifo meu)
...
Novamente vemos que o foco de Davi não era ele mesmo, mas sim o Senhor!
Que possamos aprender com Davi: a olhar somente para o Senhor, entendendo e crendo que TUDO vem dEle! Que nada é por nosso mérito ou capacidade, porque nada vem de nós mesmos... mas sim do Senhor para nós!
...
"Os meus olhos estão sempre voltados para o Senhor, pois ele tira os meus pés da armadilha."
(Salmos 25:15)
...
"O rei confia no Senhor: por causa da fidelidade do Altíssimo ele não será abalado."
(Salmos 21:7)
...
"Senhor, tu és a minha porção e o meu cálice; és tu que garantes o meu futuro."
(Salmos 16:5)
...
"Alguns confiam em carros e outros em cavalos, mas nós confiamos no nome do Senhor,
o nosso Deus."
(Salmos 20:7)
...
"O Senhor é a minha luz e a minha salvação; de quem terei temor? O Senhor é o meu forte refúgio; de quem terei medo?
Quando homens maus avançarem contra mim para destruir-me, eles, meus inimigos e meus adversários, é que tropeçarão e cairão.
Ainda que um exército se acampe contra mim, meu coração não temerá; ainda que se declare guerra contra mim, mesmo assim estarei confiante.
Uma coisa pedi ao Senhor, é o que procuro: que eu possa viver na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a bondade do Senhor e buscar sua orientação no seu templo.
Pois no dia da adversidade ele me guardará protegido em sua habitação; no seu tabernáculo me esconderá e me porá em segurança sobre um rochedo.
Então triunfarei sobre os inimigos que me cercam. Em seu tabernáculo oferecerei sacrifícios com aclamações; cantarei e louvarei ao Senhor."
(Salmos 27:1-6)
...
Ensina-nos Pai, a confiar totalmente em Ti, pois tudo vem de Ti. Somente com esse entendimento seguiremos no caminho certo, rumo ao cumprimento da Sua vontade. Amém!
...
Até o próximo, pessoal!!!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.